Sábado, 31 de Julho de 2021
61981028469
Política João Cardoso

PL propõe campanha permanente de prevenção às hepatites B e C no DF

Dia Mundial de Luta Contra as Hepatites Virais é celebrado na próxima quarta, 28

21/07/2021 16h05
95
Por: Ueliton Mello
Ana Volpe/Agência Senado
Ana Volpe/Agência Senado

Doença silenciosa que causa inflamação no fígado e pode evoluir para cirrose e câncer, as hepatites podem ser prevenidas e até mesmo curadas por meio do diagnóstico precoce. Tramita na Câmara Legislativa o projeto de lei 591/2019, de autoria do deputado distrital João Cardoso (Avante), que propõe campanha permanente de esclarecimento e prevenção do contágio das hepatites B e C aos profissionais de salões de beleza e estabelecimentos similares do Distrito Federal.

A transmissão das doenças infecciosas ocorre principalmente por meio de secreções sexuais, sangue e agulhas contaminadas. Por isso, a campanha prioriza como público-alvo cabeleireiros, barbeiros, maquiadores, podólogos, manicures, estúdios de tatuagem e demais profissionais que atuam na área de estética.

De acordo com o parlamentar, o objetivo é alertar trabalhadores e consumidores sobre os riscos de contágio, principais sintomas da doença, importância de exames periódicos, técnicas de esterilização de materiais, procedimentos de higiene pessoal e do ambiente de trabalho.

"Nossa intenção é assegurar mais proteção à saúde das pessoas que frequentam estes estabelecimentos e incentivar a população a fazer testes rápidos nas unidades básicas de saúde para o diganóstico precoce", comenta João Cardoso.

Cerca de 74% dos casos confirmados de hepatites virais no Brasil são dos tipos B e C. Nos casos mais graves, a doença pode levar à morte por cirrose hepática e câncer no fígado.

Em apoio à campanha nacional de combate às hepatites virais, Julho Amarelo, o Congresso Nacional adotou iluminação especial na cor amarela desde esta terça (20/7), com duração até o dia 30.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.