Sábado, 12 de Junho de 2021
61981028469
Geral Pará

Seplad inicia digitalização de documentos de servidores em parceria com Seap e Prodepa

Iniciativa representa melhoria no setor de perícias e será realizada por custodiadas do Centro de Recuperação Feminino, como oportunidade de ressocialização

11/06/2021 15h38
59
Por: Ueliton Mello Fonte: Secom Pará

Foi assinado, nesta sexta-feira (11), pela titular da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração, Hana Ghassan, o contrato que firma parceria com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) e a Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Pará (Prodepa), para a execução da digitalização dos documentos referentes ao funcionalismo público etadual, referentes a perícias médicas, no setor pericial da Selpad.

A ação visa a facilitar o acesso aos documentos por parte da equipe médica, além de ser uma oportunidade de inclusão social e econômica a pessoas privadas de liberdade por meio do acesso à educação tecnológica, pois que serão as internas do Centro de Recuperação Feminino (CRF), em Ananindeua, na Regão Metropolitana de Belém, que realizarão as atividades.

As custodiadas vão desempenhar o trabalho de digitalização em uma sala de treinamento na Seplad, acompanhadas por servidores da secretaria. O material também será microfilmado e, após, armazenado na sede da Prodepa.

“Essa parceria é importante, pois dessa forma, a tecnologia poderá auxiliar de forma eficiente no processo de desenvolvimento e teremos um trabalho com bons resultados. A Prodepa disponibilizou a sua tecnologia para que elas (as internas) obtenham também um conhecimento atualizado, dentro da área tecnológica, o que futuramente poderá ajudá-las a ter uma posição no mercado de trabalho”, disse Marcos Brandão, presidente da Prodepa.  

Além da digitalização, o contrato de serviço inclui a microfilmagem dos documentos, guarda de rolos e de microfilmes, armazenamento de imagens digitais, consulta eletrônica dos arquivos por meio do aplicativo ‘Indexa’ e certificação do acervo microfilmado e digitalizado.

"Temos no CRF uma unidade prisional que serve como paradigma de educação e trabalho. Estamos com o apoio da Seplad e demais órgãos do Governo, garantindo dignidade e proporcionando oportunidades para a mudança de vida. Quem trabalha e estuda não volta para o crime, 80% dos nossos custodiados já passaram mais de uma vez pelo sistema e precisamos quebrar esse ciclo. Isso é feito com a reinserção social das pessoas privadas de liberdade”, ressaltou o titular da Seap, Jarbas Vasconcelos. 

A digitalização de todo o material da perícia médica já estava prevista por parte da atual gestão, que anseia e trabalha por soluções de qualidade e que facilitem o mecanismo de acessibilidade para todos. 

“A parceria entre a Seap, Seplad e Prodepa é um avanço, pois este trabalho de digitalização de documentos, que será realizado a partir de hoje, por apenadas do sistema carcerário do Estado, representará uma redução na despesa pública, melhoria e agilidade no setor de perícias médicas e ainda contribuirá para o afastamento da criminalidade, uma vez que o trabalho regular é essencial e ajuda a promover mudanças de comportamento”, disse a secretária Hana Ghassan. 

Por Luana Taveira (SEPLAD)
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.