Sexta, 05 de Março de 2021 08:04
61981028469
Saúde Saúde

Mortes por covid-19 chegam a 217,6 mil no Brasil

25/01/2021 20h50
378
Por: A Redação
© Tomaz Silva/Agência Brasil
© Tomaz Silva/Agência Brasil

O número de vidas perdidas em função da pandemia do novo coronavírus chegou a 217.664 no Brasil. Nas últimas 24 horas, foram confirmadas por equipes de saúde mais 627 mortes por covid-19. Ontem (24), o sistema de dados do Ministério da Saúde registrava 217.037 óbitos. Ainda há 2.860 falecimentos em investigação por equipes de saúde.

Já o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia subiu para 8.871.393. Nas últimas 24 horas, as autoridades estaduais de saúde confirmaram 28.816 novos casos de covid-19. Ontem, o número de pessoas infectadas desde o início da pandemia estava em 8.844.577.

 

Os dados estão no balanço diário do Ministério da Saúde, divulgado nesta segunda-feira (25). O levantamento é feito a partir das informações sobre casos e mortes enviadas pelas secretarias estaduais de saúde.

 

Ainda há 944.127 pessoas com casos ativos em acompanhamento por profissionais de saúde. Outras 7.709.602 pessoas já se recuperaram da doença.

 

Em geral, os registros de casos e mortes são menores aos domingos e segundas-feiras em razão da dificuldade de alimentação dos dados pelas secretarias de saúde aos fins de semana. Já às terças-feiras, os totais tendem a ser maiores pelo acúmulo das informações de fim de semana que são enviadas ao Ministério da Saúde.

 

Estados

 

Na lista de estados com mais mortes, São Paulo ocupa a primeira posição (51.556), seguido por Rio de Janeiro (28.856), Minas Gerais (14.305), Ceará (10.332) e Pernambuco (10.200). As Unidades da Federação com menos óbitos são Roraima (821), Acre (854), Amapá (1.032), Tocantins (1.348) e Rondônia (2.128).

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.